Carla

‪#‎Freetheniple‬ meets ‪#‎capuchinhovermelho‬!
Se a nossa sessão tivesse uma legenda, seria esta.
O cinema levou-a para a Invicta.
“Nunca pensei que ia ser realizadora.
Gostava de cinema, queria saber mais e a parte técnica agradou-me muito!”
Acabado o bacharelato de cinevídeo na ‪#‎ESAP‬ começa a trabalhar pelas mãos de ‪#‎Saguenail‬ que a leva depois para a equipa técnica do filme‪#‎RiodoOuro‬, de ‪#‎PauloRocha‬.
Um acidente a meio das filmagens paralisa-lhe a progressão.
Adota um colete e regressa a Alcobaça, onde divide o tempo entre a fisioterapia e as aulas de expressão dramática.
Em 2000 vem para Lisboa e trabalha durante seis anos numa empresa de casting para publicidade e cinema.
Mais tarde começa a fazer direção de produção para teatro.
Devido aos ‪#‎ateliersVaran‬ na ‪#‎Gulbenkian‬, trabalha na direção de produção de documentários, com a Adriana, a Isabel, o Tiago, a Leonor…
” Em 2008 estou a trabalhar em cinema, na produção do festival ‪#‎MotelX‬ e já estou no ‪#‎Purex‬ também!
Quanto mais trabalho mais rendo e não consigo dizer que não!”
1005905_1504048549898606_5100670976395123025_nEm 2012 volta ao Porto para finalizar a licenciatura (pós-Bolonha affair) e entra no mestrado de produção e gestão de espetáculos na‪#‎UniversidadeNova‬.
A parte curricular corre muito bem, mas dificuldades na orientação tutorial levam-na a desistir do mestrado.
Vai a uma conferência na universidade de Leeds, chamada ‪#‎Talkingdirty‬.
Descobre a ‪#‎pornografiapositiva‬, a abordagem do ponto de vista da mulher, visual e sexualmente.
Tinha em mente desenvolver um projeto que envolvesse a produção audiovisual ligada à pornografia.
“Gosto de saber o que se anda a fazer e como se anda a fazer.
Há imagens que esteticamente gosto muito, que considero bonitas!
Existe muita matéria para análise e o mestrado era o momento e o espaço para estabelecer esta investigação.”
Em 2011 inicia no Purex a festa ‪#‎SoftPorn‬.
Uma abordagem soft à imagética da pornografia, tendo como happening a possibilidade de se estar de tronco nú.
” Começamos (eu, a Rita Manso, o Manuel Moreira e o António Almada Guerra) a fazer a festa de seis em seis meses.
Quando vamos ao ‪#‎Pride‬, subimos ao palco no set do António, mostramos as maminhas e é a loucura.”
994713_1504048579898603_4938128543847329947_nDecidem fazer a festa num espaço maior, alargando o espetro de happenings.
Em 2014 a cantora ‪#‎AnaMalhoa‬ foi a convidada especial da edição Soft Porn- tá tudo lá dentro.
E em dezembro de 2015 a convidada foi miss ‪#‎Cicciolina‬.
” O contacto foi super rápido e simples.
É uma pessoa muito delicada e afável e eu descobri que consigo entender e falar italiano!
A Cicciolina veio e foi um sucesso!
E esta última festa, representou a nível de investimento, dimensão e produção, um grande pulo!
Agora é preciso descansar!”
Falamos do que está para trás e do que vem a seguir.
” Tenho um iman para histórias.
Acontecem-me sempre coisas irreais, que conto com humor.
Gosto muito do trabalho em cinema, mas acho que tem um tempo!
Muitas horas seguidas de trabalho, pouca vida própria, para mim já não funciona!
Com esta última festa, apeteceu-me muito voltar a ler, a investigar.
1400_1504048489898612_3123892423261459210_nA #softporn é uma forma lúdica de abordar uma série de questões.
” É uma questão simbólica, a maminha!”
Da liberdade, do feminismo, do erotismo e da sexualidade.
Das diferenças de tratamento no âmbito do género, que indiciam, ainda, relações desiquilibradas de poder.
“Acho que não está ainda assim tão fácil para nós e tenho pena!”

O blogue: http://la-petite-salope-x.tumblr.com/
A festa: http://softporn.pt/

© texto e imagens MademoisellePhoto

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s