Carnet du bonheur

AP-CM00“It doesn’t turn better!”

Apetecia-me que fosse manhã sentada na secretária na casa dos meus pais.

De vez em quando olho pela janela.

Pode estar a chover. Ou sol.

A porta está entreaberta para a Maria brincar na rua.

Tenho à minha frente os cartões e o manual do escritor wanna-be.

Tirei um hoje de manhã. Para guiar-me.

AP-CM02Diz: “Para sentir os sentidos.”

Imagino que é assim, depois de todas as vezes em que foi mesmo assim.

Coisa certa no S. João

Penso nas coisas todas que quero segurar e fotografar com o cenário do metro por trás.

Penso nas coisas todas, aliás, nos livros e revistas e cadernos que fotografei desta forms.

Penso na razão.

AP-CM04

Os meus momentos, pequenos momentos de solidão no movimento da cidade.

A solidão em movimento, que dá-me sempre vontade de fazer.

A senhora chama: Cristina Pereira.

Noutra situação não saberia ser eu. Aqui sei.

Faço mais um teste na audiologia 3.

Pipipi, ruídos alternados e a mão direita erguida quando o som se torna claro no cérebro.

É um momento sempre curioso.

Volto à sala. Ao meu livro e caderno. À espera.

AP-CM06

Coisa certa depois da ponte

” (…) para progredir no saber, é preciso delimitar as questões, deixar em pano de fundo aquelas em que atualmente não é possível qualquer acordo e avançar naqueles terrenos onde a averiguação e a verificação comuns são acessíveis.”

AP-CM07

lisboa-porto, setembro 2014.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s