os equilíbrios são árduos de manter!

os equilíbrios são árduos de manter!

ainda a notícia do repatriamentos dos roma!

vejo no facebook que o ricardo faz share dum texto do eurodeputado miguel portas.

penso em como até final do séc XIX, os roma não podiam entrar nas cidades portuguesas fora do dia semanal da feira.

penso naquela miúda cigana que uma vez vi a fotografar sentada no acampamento à beira da estrada, numa aldeia sem nome em Trás-os-Montes, enquanto eu passava veloz a fotografar da janela do carro.

penso em como o estado português exige a quem queira ser legal, uma série de regras e contrapartidas duras e muitas vezes difíceis de cumprir, única forma de obter o estatuto de cidadão com direitos e deveres.

penso em como não é politicamente correcto pensar todos os lados das questões.

vou apanhar o metro e vejo um grupo de homens, mulheres e crianças,roma.

vejo um dos homens com um dos miúdos a abrir um dos caixotes do lixo, agarra num saco branco, esvazia-o e sái com ele, limpo.

dirige-se ao grupo, coloca coisas lá dentro.

entramos todos no metro, que é expresso e tem ar condicionado.

penso em como a beleza ligada à simetria e à proporção está em baixa.

penso nas reportagens que vi na SIC sobre as gangs de jovens em El Salvador e em como metade da população é analfabeta e no extermínio da minoria Karen na antiga Birmânia e penso na forma como me limparam o impacto destas duas reportagens com a notícia do lançamento do Ipod 4, que custa cerca de 700 euros num país onde o ordenado mínimo não chega aos 500 euros e onde nos últimos 2 anos fecharam cerca de 12mil empresas.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s