ana pereira

Cahiers du bonheur

In cahiers du bonheur on April 23, 2014 at 7:46 am

AP-CB01 AP-CB03 IMG_2664 AP-CB04 AP-CB06 AP-CB05 AP-CB07 AP-CB08 IMG_2717 lisboa, évora de alcobaça, capuchos. abril 2014

Cahiers du bonheur

In cahiers du bonheur on April 7, 2014 at 8:29 pm

AP-CB01

Desde dezembro que ando a pensar nesta coisa.

A maioria dos serviços não especializados, são neste momento e em Lisboa pelo menos, assegurados por imigrantes, ou cidadãos de outras descendências que não a lusa.

Que servem e limpam.

Degladio-me com a questão da falta de emprego e fico com receio destes meus pensamentos reacionários sobre as razões subjacentes à mesma.

Não haverá trabalhos ou não haverá os trabalhos que nós queremos?

Estou de volta disto enquanto avanço pelo metro do Cais do Sodré e enquanto desço as escadas vejo, encostadas à nova campanha da Converse que cobre as paredes, duas senhoras, negras/ pretas- escolham a terminologia que corretize a vossa política interna, vá, afro-descendente, uma ainda com o uniforme da empresa de limpezas e a outra já vestida à civil, conversam encostadas ao retrato impresso, de um outro afro-descendente, bem lindo.

E assim vamos.

AP-CB00

Hoje conheci o famoso vá vá.

Café dos cineastas e escritores dos anos 60.

O café é bom. Fiquei com vontade de provar a vitela.

AP-CB02

Atravesso a Avenida de Roma, do vá vá para o banco.

As ruas são muito largas. Muito mais do que no Porto.

Os prédios à minha volta são particulares.

E particular é sempre aquela palavra que uso na falta de um outro adjetivo mais acertado. Ou assertivo, que também gosto.

Parecem construções com legos. De cores neutras.

Estranha e perfeitamente  encaixados com as ruas e as estradas.

AP-CB03

As ruas têm pouco movimento.

Cruzo-me com bastantes idosos. E eu gosto.

Eu gosto muito disso.

Do espaço assim aberto com ar para respirar e enquadramento para pensar e de me cruzar com pessoas mais velhas.

AP-CB04

Exposição em Abril Duras no Porto

In exposições, fotografia de cena on April 2, 2014 at 8:37 am

Ágatha, de Marguerite Duras

Assédio Teatro 2013

Interpretação Constança Carvalho Homem e Pedro Frias

Encenação Rosa Quiroga

Fotografia de cena: Ana Pereira

Abril Duras no Porto

ap-agata2ensaio04ap-agataensaio41 ap-agataensaio01 ap-agata2ensaio331

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.